Entrevista com o ilustrador Alan Cruz

Adoro desenhar, aqui no And After já publiquei algumas imagens de artistas que eu gosto e também já entrevistei o Fabio Rex, ilustrador brasileiro que tem um traço muito bacana!

No final do ano passado resolvi entrevistar mais alguns ilustradores e um deles é o Alan Cruz.

 

Entrevista com Alan Cruz

Apresente-se: nome, idade, cidade onde mora, onde viveu, empregos que marcaram... o que achar que cabe, fique a vontade :)

Meu nome é Alan da Cruz Mafalda, moro em Carazinho-RS, sempre vivi por aqui mesmo, apesar de mudar várias vezes dentro da mesma cidade. Antes de pensar em me tornar um designer já fui office boy, levando papelada por toda a cidade, trabalhei na prefeitura de Carazinho no setor de cobrança de impostos e em uma central de energia elétrica, comandando equipes de manutenção. Pode-se perceber que nenhum emprego tem relação com outro, isso é bom porque me fez ter experiências das mais diversas. Antes de ter o estúdio design Multiverso, trabalhei alguns anos como freelancer, trabalhando principalmente com ilustrações.


Qual a sua formação acadêmica? Porque escolheu ela?

Minha formação é bacharel em Design, tanto em produto como gráfico, mas me considero somente Designer gráfico. Produto não bem minha praia.


Quando você começou a desenhar? Como foi o início e, na época, o que te influenciou a isso?

Desenho desde criança, mas fazia isso de forma despretensiosa, somente após começar a cursar Design que comecei a me aprofundar em diversas técnicas de desenho. Hoje tento unir a ilustração ao design gráfico sempre que posso em meus trabalhos. 



Um ilustrador ou artista que admira.

Existem tantos, é difícil escolher sobre qual falar. Minhas principais referências são: Stjepan Sejic, ilustrador e quadrinista da editora Top Cow, conhecido por seu trabalho na HQ Witchblade. Gonzalo Arias, que trabalha com estilo anime pintando card games, Nico Di Mattia, argentino conhecido por seus trabalhos de speedpainting no youtube.


Qual tua ilustração (própria) favorita? (se der para anexar ou linkar... posso publicar algumas ilustras junto da entrevista?)

Minha ilustração favorita é meu primeiro speedpainting que fiz para meu canal do youtube. 
É uma em homenagem ao filme Alice in the Wonderland, o gato de Cheshire.
 
Pintura digital de Alice no país das maravilhas
 
Clique na imagem para ampliar e veja o vídeo (speed painting) abaixo:
 


Que técncia você utiliza atualmente antes de ir pro digital? Ou é direto no digital?

Para desenvolver marcas e padrões gráficos, desenho a mão com o velho lápis e papel, somente após selecionar a melhor alternativa é que ela é scaneada e redesenha digitalmente. Se tratando de ilustrações, faço tudo digitalmente desde o rascunho, pois utilizo um notebook tablet então pinto diretamente na tela como se fosse um papel.


Quais teus softwares favoritos para ilustrar?

Photoshop e por incrível que pareça uso recursos do sketchUp para me ajudar a desenvolver cenários complexos.


Quando e como você profissionalizou seu trabalho? 

Depois dois anos como  freelancer comecei a desenvolver ilustrações e um design mais profissional e claro cobrar justamente por eles. 


Brevemente, quais os passos para produzir uma ilustração encomendada? (briefing, rascunhos, contrato, produção, etc...)

O processo inicia-se pelo contato com o cliente pedindo um orçamento, após aprovado é realizado o briefing e o contrato desenvolvido conforme as necessidades do cliente. Com todas as informações coletadas parte-se para pesquisa por referências, geração de alternativas com diversos rascunhos e só após todo esse processo e que começo a fazer a versão final da arte, com colorização digital e tudo mais.


Atualmente você mantém algum vínculo com agência ou trabalha de forma autônoma? O que considera o ideal?

Sou co-fundador do Estúdio de Design Multiverso, aonde trabalho junto com mais dois sócios, Lucas Vogelmann e Fernando Busch. Trabalhar dessa forma é muito mais gratificante e prazeroso do que ser empregado em uma agência.


Qual sua recomendação para quem quer se inserir no mercado?

Primeiro é preciso se tornar um bom profissional e isso nenhuma faculdade no mundo vai fazer, é preciso estudar, pesquisar e ler muito sobre design por si só. Produzir suas próprias peças gráficas e ilustrações tendo como referência grandes designers e ilustradores. Buscar mais e mais sempre. Evoluir e nunca estagnar em um estilo ou "emprego". 
Segundo passo é buscar formas de chamar atenção para seu trabalho, mandar portfólios para agências, participar de congressos, cursos, workshops o que puder, pois se tiver bons contatos e um trabalho de qualidade, da pra ir muito longe.


Você já teve problemas com proteção intelectual de seus trabalhos? O que você recomenda para o ilustrador se proteger de possíveis problemas?

Nunca tive esse problema. O problema é que muitos artistas vendem fã artes como trabalho contrato de forma informal, isso sim pode gerar graves problemas e o trabalho do artista não será respeitado pelos colegas. Outra coisa comum, feita por amadores, é utilização de personagens famosos nas marcas e materiais publicitários de pequenas, e até médias, empresas. Vejo os Looney Tunes em tudo que lugar ultimamente e isso é ilegal e anti-ético. Outra coisa, nunca use vetores prontos baixados daquele banco de vetores, isso demonstra amadorismo também, crie seus próprios padrões gráficos, pois também não da pra saber quem é o autor deles e o memso pode acabar não gostando.

 

 

E aí, tem dúvidas ou quer contratar os serviços do cara?

Entre em contato com ele através do Design Multiverso e pode acompanhar ele pelo Twitter @AlanCruzM.

 

Todas as ilustrações do post são de autoria do Alan, e você pode encontrar mais no Deviant Art.

Obrigado pela entrevista, vídeos e ótimas ilustras Alan! Sempre que quiser está convidado a mostrar teu trabalho, vídeos e dicas aqui no And After!

E para quem quer conhecer outros ilustrador e ver mais trabalhos, recomendo a leitura:

  1. Simon Andersen - Top 20 ilustrações
  2. Entrevista com Fabio Rex
  3. Bruno 9li

Espero que gostem, tem mais entrevistas para serem publicadas! Se tiverem recomendações de algum artista/designer que vocês gostariam de conhecer melhor deixem nos comentários!

Back to Top