Como foi que fiquei rico?

* Este texto foi publicado originalmente dia 9 de outubro de 2012 no meu Posterous - que foi assasinado pelo Twitter, contra minha vontade. Aqui vai uma republicação dele na íntegra.



Eu sempre gostei de ganhar dinheiro. Nos últimos anos fiz isso muito bem e tentei fazer de uma forma saudável. 

Pergunte para as pessoas próximas qual é o sonho delas e a maioria vai ter respostas envolvendo dinheiro, ficar rico, megasena, não precisar trabalhar e coisas deste tipo. E você é capaz de identificar o que elas tem em comum?

Dinheiro? Não. E as pessoas batalham muito por isso: ser ricas com muito dinheiro. Mas a verdade é que todos estes sonhos estão relacionados a apenas uma coisa: liberdade. Você está buscando a riqueza da forma errada. Ser rico é ser livre para fazer o que você quer e isso, sem dúvida, envolve dinheiro. 

As pessoas querem ser ricas ganhando muito dinheiro, mas do meu ponto de vista o caminho mais simples e direto para a riqueza não é ganhar muito dinheiro, é não precisar de muito dinheiro. Claro que se o seu sonho envolve iates, cassinos, carros importados e ter o último iPhone na semana de lançamento você vai penar muito mais do que eu para ser rico - e conhecendo um pouco a cabeça das pessoas, ouso deixar escrito que quem tem esta visão de riqueza nunca será rica o suficiente.

Eu venho treinando a minha vida inteira "para ser rico", e olhando pra trás, sempre fui. Sempre trabalhei com o que gosto, mas este ano é diferente. Este ano conquistei a liberdade, estou saindo de um emprego gratificante para me aventurar e fazer outras coisas que eu quero: estudar, escrever e principalmente cuidar do Eu Compraria! e do And After.

Fiquei rico abdicando da minha maior fonte de renda.


Ilustração "blood money", do grungepuppy

Back to Top