A escola está matando a criatividade

Nunca tive muitos problemas para tirar notas razoáveis na escola e nunca gostei de estudar de modo "convencional". Com o tempo percebi que também não gosto muito do modelo acadêmico (leia a carta "não aprendi nada na universidade"  sobre o Design ULBRA Carazinho) e que tenho muito mais facilidade como autodidata, e para um autodidata nada melhor do que a internet.

Ontem assisti novamente a palestra do Ken Robinson sobre como a educação mata nossa criatividade e ele conta algumas histórias bem bacanas sobre o assunto.


No talk ele cita que o modelo de "sucesso" que temos na educação tradicional é basicamente formar professores acadêmicos: desvalorizamos a arte, a dança e com isso bombardeamos nossas crianças com um incrível medo de errar. E nada mais eficiente que o medo de errar para acabar com a criatividade de alguém.

"A imaginação é mais importante que o conhecimento" Albert Einstein

Back to Top